What we do


Caro Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa,Caras e caros deputados à Assembleia da República,  Nas últimas semanas, testemunhámos perplexos uma série de incidentes perturbadores que envolvem detenções arbitrárias, repressão policial dentro de universidades e até mesmo violência física contra ativistas climáticos que têm exercido o seu direito fundamental de manifestação não violenta, consagrado na Constituição Portuguesa no artigo 45º.   A crescente repressão policial, com relatos de detenções prolongadas, táticas intimidatórias e uso excessivo de força, não coloca apenas em risco a integridade física e emocional dos e das ativistas, como também representa uma ameaça à própria essência da democracia, da liberdade de expressão e do direito à manifestação.  É imperativo sublinhar que todas as ações empreendidas pelos ativistas são não violentas sendo sim orientadas para a ação coletiva, com a finalidade de enfrentar a crise climática. Importa lembrar que todas estas ações e exigências se encontram, alinhadas com a […]

Carta aberta pelo fim da repressão policial contra ativistas climáticos 


Esta é a quarta parte da grande reportagem “Repensar o sistema em que vivemos” para garantir um futuro mais sustentável e justo, que tem seis partes e começou a ser publicada a partir de 17 de novembro no Gerador. “Tudo está interligado […], e estes conflitos acontecem também pela crise das nossas economias, do nosso modo de vida como sociedade, que é insustentável, com produções e modos de consumo também insustentáveis, que geram crises sociais, económicas e políticas em vários países, principalmente nos em desenvolvimento, que são aqueles onde muitos dos países desenvolvidos vão explorar os recursos. Então, temos de ter uma visão muito mais macro, abrir os olhos para esses outros aspetos, e ter uma sensibilidade muito mais apurada, porque falta muita empatia no mundo atualmente.” – entrevistas exclusivas com Islene Façanha (associação ZERO), João Costa (ativista pela justiça climática) e Susana Viseu (consultora da presidência da República Portuguesa). […]

Os obstáculos à mudança | GERADOR



By LUSA https://www.macaubusiness.com/portugal-ngos-call-on-president-to-ensure-implementation-of-basic-climate-law/https://www.macaubusiness.com/portugal-ngos-call-on-president-to-ensure-implementation-of-basic-climate-law/ A group of non-governmental organisations in Portugal on Tuesday called on the country’s president, Marcelo Rebelo de Sousa, to take action to ensure that the Basic Climate Law, which was approved at the end of 2021 but none of whose articles is as yet being respected, is finally enforced. In a letter to the head of state to which Lusa has had access, the 13 environmental organisations warn that “inaction of the Portuguese state is especially reprehensible at a time of obvious worsening of the climate emergency. “The Basic Climate Law constitutes a number of positive obligations in the legal sphere of the state, the fulfilment of which is absolutely fundamental to the success of climate action in Portugal,” the text states, with the environmentalists going on to accuse the Portuguese state of failing to comply with legislation that it itself approved. At issue, the letter stresses, […]

Portugal: NGOs call on president to ensure implementation of Basic Climate Law | MACAU NEWS AGENCY


24 out, 2023 – 10:42 • Lusa Treze associações ambientalistas escreveram a Marcelo. Consideram que a “inação do Estado português é especialmente reprovável num momento de evidente agravamento da urgência climática”. https://rr.sapo.pt/noticia/pais/2023/10/24/ambientalistas-pedem-ao-pr-que-faca-cumprir-lei-de-bases-do-clima/352116/ Um conjunto de associações ambientalistas pediu esta terça-feira ao Presidente da República Portuguesa que faça cumprir a Lei de Bases do Clima, aprovada no final de 2021, mas ainda sem qualquer artigo respeitado. A “inação do Estado português é especialmente reprovável num momento de evidente agravamento da urgência climática”, avisam as 13 associações ambientalistas numa carta a Marcelo Rebelo de Sousa, a que a agência Lusa teve acesso. “A Lei de Bases do Clima constitui na esfera jurídica do Estado várias obrigações positivas cujo cumprimento é absolutamente fundamental para o sucesso da ação climática em Portugal”, consideram os ambientalistas, que acusam o Estado de não cumprir uma legislação que ele próprio aprovou. Em causa está o atraso na […]

Ambientalistas pedem ao PR que faça cumprir Lei de Bases do Clima | RÁDIO RENASCENÇA



Treze associações pedem a Marcelo que faça cumprir Lei de Bases do ClimaMais de um ano depois da entrada em vigor, estão por cumprir várias medidas que deviam ter sido concluídas até Fevereiro de 2023, como os orçamentos de carbono ou a avaliação de impacto da legislação. https://www.publico.pt/2023/10/24/azul/noticia/treze-associacoes-pedem-marcelo-faca-cumprir-lei-bases-clima-2067790 A carta é assinada pela Associação Último Recurso, Academia Cidadã, Ambiente em Zonas Uraníferas (AZU), Associação de Defesa do Património, Ambiental e Cultural de Santa Iria da Azóia, Associação Dunas Livres, ClimAção Centro, Extinction Rebellion, Movimento ProTejo; Plataforma Anti-Transporte de Animais Vivos, Quercus, Rede para o Decrescimento, Sciaena e SOS Racismo Porto.

Treze associações pedem a Marcelo que faça cumprir Lei de Bases do Clima | PÚBLICO


30 setembro, 2023 às 08:18 A iniciativa “Linha Vermelha”, um projeto da Academia Cidadã, vai tricotar durante a manifestação deste sábado, em prol do direito à habitação e à justiça climática. O grupo criado no final de 2016 pretende dinamizar conversas em torno de temas relevantes para a sociedade civil. Continuar a ler: https://www.jn.pt/2714336949/grupo-vai-tricotar-linhas-vermelhas-durante-manifestacao/

Grupo vai tricotar “linhas vermelhas” durante manifestação | JN



https://www.publico.pt/2023/05/18/azul/opiniao/carta-aberta-dia-nacional-jardins-2050054A homenagem a Gonçalo Ribeiro Telles deveria servir para aumentar e requalificar as manchas verdes urbanas e assumir a preservação destes espaços e ecossistemas como verdadeiro interesse público. A criação, pela Assembleia da República, do Dia Nacional dos Jardins (instituído a 16 de setembro de 2022), a celebrar anualmente no dia 25 de maio, data do nascimento do arquiteto paisagista Gonçalo Ribeiro Telles (1925-2020), foi ideia proposta sob forma de petição pública por um grupo de jovens estudantes de Portimão. Esta iniciativa foi dinamizada por um docente do ensino secundário, o professor de Filosofia e de Cidadania e Desenvolvimento Carlos Café, grande admirador de Gonçalo Ribeiro Telles.A ideia, transformada em decisão pela Assembleia da República, foi aprovada por unanimidade pelos partidos representados no Parlamento, e pode ser vista como um bom augúrio. Todos os partidos, incluindo aqueles que têm estado no Governo desde 1974, sentiram-se vinculados a respeitar a obra […]

Carta aberta: sobre o Dia Nacional dos Jardins | PÚBLICO


Projecto ERASMUS+ ; Programa Erasmus+ Ação Chave 1: Mobilidade individual – Educação de adultos Com este projecto realizado durante 2022, a Academia Cidadã desafiou-se a: Este projecto foi realizado no âmbito de Erasmus+ KA1 Adult education staff mobility e em parceria com o Col·lectiu Eco-Actiu. Actividades Efectuadas Curso: Strengthening the Ecology of Social Movements in EuropeDatas: Outubro 2022Descrição: https://ulexproject.org/courses_events/ecology_of_movements-training/ Curso: Integral Activist Training for trainers PlusDatas: Setembro 2022Descrição: https://ulexproject.org/courses_events/integral-activist-training-for-trainers/ Curso: Strategy and narrativeDatas: Novembro 2022Descrição: https://ulexproject.org/courses_events/strategy-training/ Participantes Este projecto permitiu capacitar 10 pessoas. Os participantes foram escolhidos através de um processo de seleção, de acordo com os seguintes Critérios de Seleção: Disseminação e Implementação Cada participante teve como desafio propor o formato de disseminação e implementação das aprendizagens que adquiriu, tendo este que ser aprovado pela gestora do projecto. Alguns exemplos de actividades de disseminação são workshops, skillshares, formações e resumo escrito das aprendizagens. Seleção de participantes A seleção de […]

Erasmus+: Capacitação entre ativistas da Europa



Caro Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa,Caras e caros deputados à Assembleia da República,  https://indymedia.pt/2023/12/12/academia-cidada-lanca-carta-aberta-pelo-fim-da-repressao-policial-contra-ativistas-climaticos/ Nas últimas semanas, testemunhámos perplexos uma série de incidentes perturbadores que envolvem detenções arbitrárias, repressão policial dentro de universidades e até mesmo violência física contra ativistas climáticos que têm exercido o seu direito fundamental de manifestação não violenta, consagrado na Constituição Portuguesa no artigo 45º.   A crescente repressão policial, com relatos de detenções prolongadas, táticas intimidatórias e uso excessivo de força, não coloca apenas em risco a integridade física e emocional dos e das ativistas, como também representa uma ameaça à própria essência da democracia, da liberdade de expressão e do direito à manifestação.  É imperativo sublinhar que todas as ações empreendidas pelos ativistas são não violentas sendo sim orientadas para a ação coletiva, com a finalidade de enfrentar a crise climática. Importa lembrar que todas estas ações e exigências se encontram, alinhadas com a melhor ciência climática disponível […]

Academia Cidadã lança “Carta aberta pelo fim da repressão policial contra ativistas climáticos”.  | INDYMEDIA


From the 10 years of activity of the Citizen Academy, we highlight the awareness work of the projects ‘#neveragain Talks’ and ‘Citizenship Academy Panorama.'” #neveragain Talks: Every two months, on the third Tuesday, we launched a new question based on a prejudice propagated by extreme-right movements. We reflected and found strategies to dismantle discriminatory, xenophobic, and simplistic discourses. #neveragain Talks aimed to value and strengthen democracy by identifying and deconstructing antidemocratic practices and discourses. Citizenship Academy Panorama – An informative bulletin published every 15 days focusing on news, comments, films, books, images, events, and initiatives, lasting about a year. In 2022, on May 15th, the Citizen Academy celebrated its 10th anniversary and revisited all 16 activities carried out in terms of awareness, community work, networking, and mobilization. Over these ten years, the Citizen Academy engaged with 113 partners, and activities took place in various countries such as Portugal, Romania, Austria, […]

10 years of Citizenship Academy – Raising Awareness 2