Us in the media


24 out, 2023 – 10:42 • Lusa Treze associações ambientalistas escreveram a Marcelo. Consideram que a “inação do Estado português é especialmente reprovável num momento de evidente agravamento da urgência climática”. Um conjunto de associações ambientalistas pediu esta terça-feira ao Presidente da República Portuguesa que faça cumprir a Lei de Bases do Clima, aprovada no final de 2021, mas ainda sem qualquer artigo respeitado. A “inação do Estado português é especialmente reprovável num momento de evidente agravamento da urgência climática”, avisam as 13 associações ambientalistas numa carta a Marcelo Rebelo de Sousa, a que a agência Lusa teve acesso. “A Lei de Bases do Clima constitui na esfera jurídica do Estado várias obrigações positivas cujo cumprimento é absolutamente fundamental para o sucesso da ação climática em Portugal”, consideram os ambientalistas, que acusam o Estado de não cumprir uma legislação que ele próprio aprovou. Em causa está o atraso na publicação […]

Ambientalistas pedem ao PR que faça cumprir Lei de Bases do Clima


30 setembro, 2023 às 08:18 A iniciativa “Linha Vermelha”, um projeto da Academia Cidadã, vai tricotar durante a manifestação deste sábado, em prol do direito à habitação e à justiça climática. O grupo criado no final de 2016 pretende dinamizar conversas em torno de temas relevantes para a sociedade civil. Continuar a ler: https://www.jn.pt/2714336949/grupo-vai-tricotar-linhas-vermelhas-durante-manifestacao/

JN: Grupo vai tricotar “linhas vermelhas” durante manifestação



Nascida há dez anos, no seio do núcleo dinamizador da manifestação Geração à Rasca, ocorrida um ano antes, a Academia Cidadã entra numa nova fase. Prestes a abandonar a sede, na Quinta do Cabrinha, na Avenida de Ceuta, centra-se em novos combates cívicos. João Labrincha, secretário e um dos fundadores, acha que a sociedade civil está mais madura. Apesar dos populismos e do crescimento da extrema-direita. Que são, assegura, meras reacções ao inevitável progresso social. Mas diz-se descrente no papel das redes sociais: “Hoje, já não seria possível organizar uma Geração à Rasca”. Artéria: Este ano, comemoram-se 10 anos da Academia Cidadã, cujos objectivos, desde sempre anunciados, são impulsionar a cidadania activa e a construção de raízes de desenvolvimento com princípios de sustentabilidade social, económica e ambiental. Passada uma década, os objectivos foram cumpridos? João Labrincha: Passada uma década, estamos a cumprir os objectivos, sim. Se, algum dia, alguma organização dissesse […]

Público, Artéria: “Estamos a caminhar para uma sociedade mais igualitária, mais aberta às diferenças”


O acolhimento da justiça à queixa de Mário Machado contra Mamadou Ba é inaceitável e alarmante por si, e é-o ainda mais quando se olha para “os dois pesos e duas medidas” que a caracterizam. 11 de Novembro de 2022, 1:48 A 10 de junho de 1995, Mário Machado fazia parte do grupo da Frente de Defesa Nacional que assassinou Alcindo Monteiro e brutalizou várias pessoas naquela noite. Hoje, o neonazi mais conhecido do país procura utilizar os tribunais para limpar a sua imagem à custa da vida de um outro homem negro, Mamadou Ba. De facto, Mário Machado tem vindo a fazer várias tentativas de retorno à vida pública como se de uma figura impoluta se tratasse. Foi isso que procurou fazer com a candidatura à liderança da Juve Leo (2018); com a ida ao programa Você na TV (2019); ou a viagem à Ucrânia, onde acabaria por não […]

Público: “O Antirracismo no banco dos réus”



Um total de 27 coletivos nacionais reúnem-se, a partir de quarta-feira, em Melides, no concelho de Grândola (Setúbal), num acampamento “pela justiça climática”, que prevê ações e manifestações na refinaria da Galp e Porto de Sines. O acampamento 1.5, “contra o capitalismo fóssil que se concentra no litoral alentejano, sob a forma da expansão massiva da agricultura hiperintensiva e da zona industrial de Sines”, realiza-se a partir de quarta-feira e até ao próximo domingo, avançou, em comunicado, a organização. O ponto alto do evento acontece no sábado, com a realização de uma ação direta “não violenta” na refinaria da Galp em Sines, às 07:00, seguida de uma manifestação, entre o Jardim da República e o Porto de Sines, a partir das 15:30. “Esta refinaria é a infraestrutura com as maiores emissões com gases de efeito de estufa em Portugal e continua a funcionar sem uma transição justa para os seus […]

Voz da Planície: “Acampamento pela justiça climática com ações na refinaria da Galp e no porto de Sines”


Iniciativa decorre de quarta-feira até domingo, em Melides. Durante os cinco dias, haverá formações, treinos, acções, debates e convívio. Ao todo, 27 colectivos nacionais reúnem-se, a partir de quarta-feira, em Melides, no concelho de Grândola (Setúbal), num acampamento “pela justiça climática”, que prevê acções e manifestações na refinaria da Galp e Porto de Sines. O acampamento 1.5, “contra o capitalismo fóssil que se concentra no litoral alentejano, sob a forma da expansão da agricultura hiperintensiva e da zona industrial de Sines”, realiza-se a partir de quarta-feira e até ao próximo domingo, avançou, em comunicado, a organização. O ponto alto do evento acontece no sábado, com a realização de uma acção directa “não violenta” na refinaria da Galp em Sines, a partir das 7h, seguida de uma manifestação, entre o Jardim da República e o Porto de Sines, a partir das 15h30. “Esta refinaria é a infra-estrutura com as maiores emissões […]

Público, Lusa: “Acampamento pela justiça climática com acções na refinaria da Galp e Porto de Sines”



Original: https://www.dn.pt/lusa/empresa-australiana-garante-prospecao-de-gas-sem-fratura-hidraulica-na-regiao-de-leiria-10115256.html A operadora australiana Australis, Oil & Gas, que tem as concessões da Batalha e Pombal, na região de Leiria, garantiu hoje que a exploração não será efetuada com recurso à fratura hidráulica. Lusa31 Outubro 2018 — 17:16 Facebook Twitter Partilhar Tópicos Economia Segundo explicou o presidente da empresa australiana, Ian Lusted, num encontro com jornalistas, nas sondagens será utilizada uma técnica idêntica à das captações de água. Na sessão de esclarecimento, Ian Lusted assegurou que a empresa submeteu “voluntariamente” o planeamento das sondagens previstas à apreciação de um estudo de impacto ambiental, que se encontra na Agência Portuguesa do Ambiente (APA). “O poço de avaliação na concessão da Batalha está previsto ser perfurado na vertical até uma profundidade aproximada de 2.900 metros, o que será idêntico na concessão de Pombal”, afirmou Ian Lusted, acrescentando que as explorações não estão perto de zonas Reserva Agrícola Nacional e Reserva Ecológica Nacional, de rios, de […]

Empresa australiana garante prospeção de gás sem fratura hidráulica na região de Leiria


Original: https://www.acorianooriental.pt/noticia/mais-de-60-organizacoes-de-varios-paises-apelam-a-boicote-a-eurovisao-em-israel-296738 Mais de 60 organizações, a maioria de defesa dos direitos LGBTQIA, de vários países, Portugal incluído, apelaram aos membros daquela comunidade para que boicotem este ano o Festival Eurovisão da Canção, caso este se realize mesmo em Israel.30 de Jan de 2019, 16:17 Autor: Lusa/AO Online “Juntamo-nos aos crescentes apelos de todo o mundo e pedimos aos membros da comunidade LGBTQIA [Lésbica, Gay, Bisexual, Transgénero, Queer, Intersexo, Assexual] que boicotem o Festival Eurovisão da Canção 2019, desde que Israel seja o anfitrião”, lê-se na carta, divulgada e subscrita por organizações de países como Alemanha, França, Estados Unidos, Bélgica, Honduras e Portugal. Este ano, o Festival Eurovisão da Canção decorre em Telavive, Israel, depois de no ano passado o país se ter sagrado vencedor do concurso, que decorreu em maio em Lisboa, com a música “Toy”, interpretada por Netta Barziliali. As semifinais do concurso estão marcadas para 14 e […]

Açoriano Oriental: Mais de 60 organizações de vários países apelam a boicote à Eurovisão em Israel




Original: https://www.tsf.pt/sociedade/airbnb-em-lisboa-mais-de-4-mil-anuncios-so-em-santa-maria-maior-e-misericordia-6246452.html A freguesia de Santa Maria Maior tinha, em dezembro de 2016, 2251 anúncios na plataforma de aluguer de curta duração Airbnb, seguida pela Misericórdia com 1968 ofertas. PorSara de Melo Rocha26 Abril, 2017 • 18:03 Partilhar Facebook Twitter WhatsApp E-mail De acordo com os dados API, a interface de programação de aplicações da plataforma, a freguesia de Arroios concentra 1305 anúncios de residências para turistas, Santo António conta com 951 ofertas e São Vicente tem 856 casas para aluguer de curta duração no site Airbnb. Estas cinco freguesias concentravam 7331 anúncios da plataforma Airbnb em dezembro de 2016, contrastando com outras localidades da capital como Benfica com 62 ofertas ou Marvila com 36 residências para curta estadia. Oiça a reportagem da jornalista Sara de Melo Rocha com sonoplastia de Miguel Silva 00:0013:30 De acordo com dados de setembro de 2016, fornecidos pela junta de Santa Maria Maior, estão registados 1653 apartamentos de […]

TSF: Airbnb em Lisboa: Mais de 4 mil anúncios só em Santa Maria Maior e Misericórdia