A falta de habitação faz crescer a extrema direita? CONVERSA #nuncamais


Partilhar / Share

Conversas #nuncamais (25 de abril sempre)!


Quando: 19 de novembro de 2019, às 21h30
Onde: Com Calma – Espaço Cultural (R. República da Bolívia 5C, Benfica, 1500-475 Lisboa)


Convidado: António Góri (Habita! – Associação pelo direito à habitação e à cidade)
Moderação: Leonor Duarte (Morar em Lisboa / Academia Cidadã)


Os preços da habitação não páram de crescer em Portugal e em toda a Europa. As casas já não são para habitar mas para realizar investimentos financeiros. Muitas pessoas não atribuem a responsabilidade da situação aos governos e aos grupos económicos. Perante a perda, a escassez e a impossibilidade de encontrar uma habitação a preço acessível viram-se contra grupos sociais minoritários que julgam privilegiados ou consideram que a crise é fruto da corrupção generalizada. A precariedade na habitação é uma bomba relógio que favorece os objectivos da extrema-direita: desacreditar o sistema democrático e colocar os pobres contra os pobres. A Iniciativa de Cidadania Europeia “Habitação para Toda a Gente” considera a crise da habitação uma bomba-relógio que ameaça a nossa Democracia. É preciso obrigar os governantes nacionais e europeus a ouvir-nos antes que seja tarde.
Vens conversar connosco?


Evento no facebook


Na terceira terça-feira de cada mês (exceto em dezembro, que será no dia 10), às 21h30, no Com Calma – Espaço Cultural (Benfica), lançaremos uma nova pergunta provocatória, baseada num preconceito, estereótipo ou bode expiatório veiculado pelos movimentos neofascistas. Junta-te a nós e vem refletir, discutir e encontrar estratégias para desmontar discursos discriminatórios, xenófobos e simplistas.

Fascismo #nuncamais (25 de abril sempre)!
Este é o mote da campanha da Academia Cidadã para valorizar e fortalecer a democracia, identificando, desconstruindo e eliminando práticas anti-democráticas.

Conversas #nuncamais” são a primeira de muitas atividades da “Campanha #nuncamais”, pensada para combater o crescimento da extrema-direita em Portugal.

Deixar um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.