10 anos depois da Geração à Rasca, continuamos? 2


Partilhar / Share

Conversa #nuncamais Especial

A 12 de março de 2021, às 21h30, dia que marca o décimo aniversário da primeira manifestação de massas na Europa convocada por um grupo de amigos através das redes sociais, três das pessoas que organizaram o Protesto da Geração à Rasca e que são ativistas da Academia Cidadã, Alexandre de Sousa Carvalho, Francisco Venes e João Labrincha, moderam uma conversa para a qual convidam duas pessoas a refletir sobre o que se fez daí até ao presente. E sobre o que precisamos de fazer pelo e no futuro.

Sara Araújo, investigadora no CES-UC sobre direitos humanos e interculturalidade, acesso à justiça, justiça comunitária, ecologia de saberes e de justiças.

Sinan Eden, fundador e ativista do coletivo Climáximo, conhecido por um combate às alterações climáticas que não se separa da luta pelos direitos humanos, equidade na distribuição de recursos e de poder.

Na terceira terça-feira de cada mês, lançamos uma nova pergunta, baseada num preconceito, estereótipo ou bode expiatório veiculado por movimentos neofascistas. Junta-te a nós e vem refletir, discutir e encontrar estratégias para desmontar discursos discriminatórios, xenófobos e simplistas.

Fascismo #nuncamais (25 de abril sempre)

As Conversas #nuncamais são uma das atividades da Campanha #nuncamais para valorizar e fortalecer a democracia, identificando e desconstruindo práticas e discursos anti-democráticos.

Ouve depois em podcast aqui, no Spotify ou na tua plataforma.


Deixar um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

2 thoughts on “10 anos depois da Geração à Rasca, continuamos?