Nós na imprensa


Original: https://observador.pt/2020/06/19/moradores-em-lisboa-querem-mais-restricoes-nos-voos-noturnos-por-causa-dos-atrasos/ 19 Jun 2020, Agência Lusa A Associação Morar em Lisboa defendeu “períodos de tampão” antes e depois do horário de restrição de voos, no Aeroporto Humberto Delgado, entre as 00h e as 6h, de modo a acomodar eventuais atrasos. Moradores em Lisboa defenderam esta sexta-feira “períodos de tampão” antes e depois do horário de restrição de voos, no Aeroporto Humberto Delgado, entre as 00h e as 6h, de modo a acomodar eventuais atrasos. https://s.frames.news/cards/aeroporto-de-lisboa/?article-id=1598674&publisher=observador.pt A Associação Morar em Lisboa diz que os projetos de lei do BE e do PAN para interditar a ocorrência de voos civis noturnos entre as 00h e as 6h, salvo situações de emergência, são positivos, mas critica que as situações de emergência não estejam tipificadas no documento. Falando numa reunião do grupo de trabalho sobre os voos civis noturnos, Pedro Nunes, daquela associação, defendeu que devem haver restrições entre as 23h e as […]

Observador: Moradores em Lisboa querem mais restrições nos voos noturnos por causa dos atrasos


Original: https://www.publico.pt/2020/06/23/local/noticia/rendas-acessiveis-seguras-camara-municipal-lisboa-1919044 Disponibilizar a habitação pública existente e o investimento público em habitação são as soluções inadiáveis para aumentar a oferta e reduzir o preço. 23 de Junho de 2020, 10:30 Partilhar notícia O Município de Lisboa tem em desenvolvimento dois programas de arrendamento destinados à chamada classe média e média baixa – o Programa de Rendas Acessíveis (Lisboa PRA Todos) e, actualmente, o Programa de Renda Segura (PRS). Para o primeiro, além de lhe destinar algum património seu, adquiriu recentemente alguns edifícios à Segurança Social, que esta tinha devolutos ou em vias de serem desocupados, tendo despendido umas dezenas de milhões de euros, necessários para as obras necessárias e vultosas com vista à sua utilização futura pelos inquilinos que lhes tiverem acesso. Se a utilização de património próprio é uma solução óbvia, senão mesmo obrigatória e quando muito peca por tardia, a aquisição de património à Segurança Social levanta […]

Público: As rendas acessíveis e seguras da Câmara Municipal de Lisboa




Original: https://www.comunidadeculturaearte.com/entrevista-paulo-pena-existem-cerca-de-40-a-50-sites-portugueses-a-produzir-diariamente-fake-news-e-sao-um-negocio-lucrativo/ por Fumaça 29 Outubro, 2020 em Entrevistas, SociedadeDR O que vais ouvir, ler ou ver foi produzido pela equipa do Fumaça, um projecto de media independente, progressista e dissidente e foi originalmente publicado em www.fumaca.pt. Há cerca de dois anos, em outubro de 2018, foi publicada uma das mais conhecidas fake news portuguesas. Uma imagem manipulada alegava que Catarina Martins, deputada e líder do Bloco de Esquerda (BE), usaria um relógio suíço avaliado em 20,9 milhões de euros – uma ideia já experimentada no Brasil. Em pouco tempo, centenas de partilhas nas redes sociais ilustravam a indignação com o caso.  Ironicamente, o conteúdo falso teve origem numa publicação que visava alertar para o perigo das fake news, tendo sido cooptado e republicado pelo site de desinformação Direita Política como sendo verdadeiro. A publicação foi denunciada por vários órgãos de comunicação social e rapidamente negada pelo gabinete de imprensa do BE. Mas, para além disso, tudo […]

Comunidade Cultura e Arte: Entrevista. Paulo Pena: “Existem cerca de 40 a 50 sites portugueses a produzir diariamente fake news ...



Original COM ÁUDIO: https://fumaca.pt/paulo-pena-as-redes-sociais-devem-ter-pelo-menos-as-regras-que-os-orgaos-de-comunicacao-social-tem/ Entrevista Ricardo Esteves RibeiroEdição de Texto Pedro Miguel SantosPreparação Ricardo Esteves Ribeiro e Margarida David CardosoSom Bernardo Afonso 29 Outubro 202006:00 Há cerca de dois anos, em outubro de 2018, foi publicada uma das mais conhecidas fake news portuguesas. Uma imagem manipulada alegava que Catarina Martins, deputada e líder do Bloco de Esquerda (BE), usaria um relógio suíço avaliado em 20,9 milhões de euros – uma ideia já experimentada no Brasil. Em pouco tempo, centenas de partilhas nas redes sociais ilustravam a indignação com o caso.  Ironicamente, o conteúdo falso teve origem numa publicação que visava alertar para o perigo das fake news, tendo sido cooptado e republicado pelo site de desinformação Direita Política como sendo verdadeiro. A publicação foi denunciada por vários órgãos de comunicação social e rapidamente negada pelo gabinete de imprensa do BE. Mas, para além disso, tudo ficou na mesma. O responsável […]

Fumaça: Paulo Pena: “As redes sociais devem ter, pelo menos, as regras que os órgãos de comunicação social têm”


Notícias de Coimbra Julho 10, 2019 Organizações nacionais e locais estão contra a pesquisa de hidrocarbonetos previstos para as localidades de Aljubarrota e Bajouca, no distrito de Leiria, e iniciam no sábado a primeira ação de protesto, foi hoje anunciado. A campanha Linha Vermelha, desenvolvida pela Academia Cidadã em parceria com o coletivo Climáximo, promove no sábado uma ação de tricô na Bajouca “com o intuito de despertar consciências” e prevê juntar dezenas de pessoas de todo o país, mais os residentes locais. “Iremos ao local do furo [Bajouca] tricotar e fazer crochet com a população local e mostrar as nossas linhas vermelhas, que simbolizam o limite que a empresa não pode passar”, afirma João Costa, um dos coordenadores da Campanha Linha Vermelha, citado em nota de imprensa. A ação simbólica serve, segundo os organizadores, para mostrar solidariedade para com a população local, que está contra o furo que a […]

NOTÍCIAS DE COIMBRA: Organizações protestam contra prospeção de gás em Aljubarrota e Bajouca



17.07.2019 às 15h42 A manifestação e a dita “ação” ou ocupação do terreno da empresa australiana que assinou um contrato com o Governo português para abrir um furo de prospeção de gás fóssil na Bajouca, freguesia do concelho de Leiria, vão ser preparadas durante um acampamento cujo programa inclui também workshops, sessões de yoga e meditação, formações e debates sobre alterações do clima e “justiça climática”. A comunidade local é dos principais participantes e convidados. Começa esta quarta-feira e prolonga-se até domingo Helena Bento A marcha tem um propósito claro, que é protestar contra as alterações climáticas e, em concreto, contra os furos de gás e, mais em concreto ainda, contra a empresa australiana que pretende abrir um furo de prospeção e exploração de gás fóssil na Bajouca, freguesia do concelho de Leiria onde vivem cerca de dois mil habitantes, mas incluirá uma “componente” que não se pretende “esconder” e […]

EXPRESSO: Ativistas protestam contra furo de prospeção de gás em Leiria. “Vamos impedir as máquinas de trabalhar”


7 Maio 2019 [Este episódio foi produzido para ser ouvido. Mas pode ser lido em simultâneo. O que se segue abaixo é a transcrição integral de toda a peça áudio, acompanhada de fotos e mapas.] PARTE I – VINAGRE Na Bajouca, em Leiria, as pessoas não sabiam que aí vinha a indústria do gás. As suas casas, locais de trabalho, os cafés e restaurantes onde comem, as igrejas onde rezam, os campos que cultivam, toda esta área foi concessionada. Sem que se soubesse de nada. Os 2.510 km2 de direitos de exploração do subsolo nacional que o Governo vendeu em 2015 dividem-se por 18 concelhos onde moram cerca de 825 mil pessoas. Mas nesta ampla área do Centro-Oeste nacional, há terras onde a indústria petrolífera não é estranha. Em Aljubarrota, por exemplo, há mais de 20 anos que várias empresas já tinham furado e feito campanhas geossísmicas. Já tinham entrado […]

FUMAÇA: Dá-lhe Gás (3/4) A padeira da Bajouca



11 Abr 2019 | 12:48 O Governo tem de decidir até 18 de Abril se a EDP vai construir a barragem de Fridão. Para evitar que o projeto avance, várias figuras públicas associam-se à campanha #frinão, Barragem de Fridão, Não! Lançada a 14 de março, Dia Internacional de Ação Pelos Rios e Contra Barragens, pretende pressionar o Governo a cancelar o Aproveitamento Hidroelétrico de Fridão, pelo perigo que representa para a população de Amarante, pelos custos que acrescerá à fatura da eletricidade e pelos impactes sociais, ambientais e económicos na região. #frinão, Barragem de Fridão, Não! Assim se apresenta a campanha com que o GEOTA espera mobilizar a opinião pública nacional, mas também os decisores políticos, para a necessidade de impedir a construção do empreendimento cuja construção se encontra suspensa para reavaliação até 18 de abril. «Além da possibilidade de clicar em ‘Não Assinar’, os participantes são convidados a desafiar […]

IMPALA: Barragem de Fridão, não! O que se perde caso o projeto avance


3 de abril de 2019 Uma bola está a unir dois bairros de Lisboa, num projeto de inclusão social. Separados por 10 quilómetros e pelo preconceito, Horta Nova e Quinta do Cabrinha estão a formar uma equipa de futebol de rua. Separados por 10 quilómetros e pelo preconceito, o bairro da Horta Nova e o bairro da Quinta do Cabrinha estão a tentar formar uma equipa de futebol de rua, através de um dos projetos vencedores da edição do ano passado do prémio “Futebol para Todos”, da Federação Portuguesa de Futebol. Mas o processo de juntar dois bairros no mesmo campo não é fácil. “Pass’a bola!” é uma grande reportagem de Rita Colaço. https://www.rtp.pt/noticias/pais/grande-reportagem-antena-1-passa-bola_a1139089

Antena 1 – Grande Reportagem: “Pass`a Bola!”