GASLAND exibição grátis + debate | 1º Cine-Café Transatlântico


Partilhar / Share

O futuro do planeta está nas tuas mãos.

Vem assistir ao documentário Gasland e debater abertamente sobre o “fracking”, ou fracturação hidráulica, técnica que permite a extração de gás de xisto, considerado um dos processos de produção de energia mais agressivos ambientalmente.

 

A tua ajuda é muito importante: confirma a tua presença e partilha o evento no facebook, aqui.

 

Quinta-feira, 16 de Abril, às 21:30, no Lisboa Vadia (Rua de São Mamede ao Caldas nº 33 a, Alfama)

 

A técnica de extração do gás não convencional consiste na injeção de toneladas de água misturada com produtos químicos e areia para gerar fraturas na rocha. Toda a água usada no processo de extração retorna à superfície, poluída por hidrocarbonetos e por outros compostos e metais presentes na rocha, bem como pelos próprios aditivos químicos.

 

O desenvolvimento não pode ser só crescimento económico. Tem que ser sustentável e promover a preservação do planeta e a carta universal dos Direitos Humanos.

 

As pessoas e o planeta acima dos lucros!

 

Ao 1º Cine-Café Transatlântico, organizado pela Academia Cidadã em parceria com o Lisboa Vadia, seguir-se-ão outros, um em cada mês, para conhecer e debater o impacto que o TTIP e outros Tratados de Livre-Comércio e Investimento Transatlântico terão nas nossas vidas e no planeta.

 

TTIP, TAFTA ou Parceria Transatlântica de Comércio e Investimento:

 

São acordos de livre comércio e investimento entre a UE e os EUA, que têm como objectivo final igualar em baixa as legislações de ambos os lados do Atlântico, isto é, a legislação mais permissiva é a que prevalece.

 

As negociações começaram em Junho de 2013 e prevê-se que sejam concluídas em meados de 2016. Têm sido realizadas entre empresas, a EU e os EUA, longe da vista dos cidadãos e até dos eurodeputados.

 

Dia 18 de Abril é o dia de Acção Global contra os Tratados Transatlânticos, e a Iniciativa de Cidadania Europeia (ICE) auto-organizada estará a recolher assinaturas por toda a Europa e Estados Unidos.

 

Após a UE ter recusado aceitar e registar a ICE contra o TTIP e CETA, os organizadores desta ação decidiram levá-la adiante e lançaram então uma Iniciativa auto-organizada contra o TTIP e CETA que já recolheu mais de 1 milhão e meio de assinaturas.

 

Conhece mais na página da Plataforma contra o TTIP de que a Academia Cidadã faz parte http://nao-ao-ttip.pt/

STOP_TTIP_Logo_groß_web_04

Deixar um comentário