Cinema grátis: documentário FLOW | Cine-Café Transatlântico


Partilhar / Share

Para todxs xs cidadãxs | Entrada grátis
17 de novembro, às 21h30
Lisboa Vadia (Rua de  S. Mamede 33A, Lisboa)

evento no FB

O objetivo deste Cinecafé é promover a discussão, consciência e conhecimento acerca da privatização da água, também contemplada no TTIP.

O TTIP (Transatlantic Trade and Investment Partnership), tal com outros tratados, está a ser negociado em grande segredo. Tem como finalidade “harmonizar”  regulamentos existentes na UE e nos EUA, relativos a uma série de diferentes indústrias. Desafia leis que protegem o meio ambiente, refreiam os interesses corporativos, protegem a segurança alimentar, promovem energias renovadas e contêm práticas arriscadas como a extração do gás de xisto.  

O TTIP poderá limitar a capacidade das autoridades públicas, em decidir como disponibilizar serviços públicos como a água. Pior, o TTIP irá favorecer as companhias que violarem as leis estabelecidas localmente, e forçar-nos-á a gastar dinheiros públicos, ou na luta contra grandes negócios, ou então que alteremos as nossas leis, de forma a agradar os interesses do capital – ou então as duas hipóteses. Um tribunal arbitral criado acima dos Estados terá o poder de dizer a um país que os lucros de determinada empresa são mais importantes que a saúde pública ou a proteção ambiental.

 

O documentário deste mês: “Flow for the love of water” (2008)

O documentário assume uma posição contra a crescente privatização e a diminuição do fornecimento de água doce do mundo, focando questões como política, poluição, direitos humanos e a emergência de um cartel mundial dominador da água. São realizadas entrevistas com cientistas e ativistas que denunciam a rapidez com que esta crise que se desenvolve, hoje, à escala global. O filme também apresenta muitos dos culpados governamentais e corporativos que estão por trás deste verdadeiro saque da água, realizando a pergunta: “PODE ALGUÉM SER DONO DA ÁGUA?”

Queres pensar nisto, durante o filme?

  • O que representa a privatização da água?
  • Qual é nossa a sitação atual, em relação à água?
  • Quais são as consequências da privatização da água?
  • De que forma serão essas consequências refletidas nas nossas vidas?
  • Como podemos agir?

Deixar um comentário