Estágio Outros Campeonatos – Diário de bordo 1


Partilhar / Share

Na altura que escrevo este artigo está a haver mais uma sessão de teatro fórum, nas instalações da Associação Spin, no Bairro Padre Cruz. Enquanto alguns continuam a praticar, os outros, que esperam a sua vez, preparam a festa que vai haver amanhã à noite.

É assim que tem acontecido, por estes dias. Formaram-se os grupos em que se ia trabalhar, com gente dos três projectos que estão a participar no estágio. E vai-se trabalhando. Uns numa actividade, outros noutra, em simultâneo e com o olhar a apontar na mesma direcção: o que temos em comum, o que conhecemos, o que podemos aprender, uns com os outros, uns com os outros, uns dos outros.

O Luiz Pacheco, escritor, num texto chamado “Comunidade” fala sobre a família e da partilha como uma jangada. É uma imagem literária bonita, a da jangada. Aqui, alguns são família, outros não. Alguns são amigos, outros ainda não. Mas é uma metáfora que podemos usar sem reservas. A da jangada que todos contruímos e que com a dedicação que lhe pusermos, vai chegar a bom porto.

O dia de ontem foi intenso.

Como disse, foram formados três grupos misturando participantes de todos os projectos. A forma como organizámos as actividades diárias faz com que toda a gente esteja ocupada ao mesmo tempo.

Todas elas têm uma coisa em comum: o Outro. A forma como nos relacionamos, como nos comportamos em conjunto, como nos preocupamos com quem está do lado de lá.

Em simultâneo, existem a oficina de teatro fórum com a Judite; a oficina de upcycling com a Cris; e a oficina de alimentação sustentável com a Maria João. Todas as coisas que são trabalhadas nestas três oficinas têm o veio primordial assente no mesmo: a preocupação com o outro, com a partilha e o futuro. Identificar problemas presentes, agir de forma a trabalhar esses problemas.

 

Teatro Fórum

 

Alimentação Sustentável

Oficina de Upcycling

 

Isto transporta-se de forma directa para como acabámos o dia. Uma incubadora de acção, em que se volta a trabalhar com os grupos de cada bairro. Aí, pensa-se nos problemas específicos de onde cada um habita e discutem-se semelhanças e diferenças entre os diferentes sítios e contextos de onde cada grupo participante veio.

 

 

Pelo meio tivemos uma visita. O Jorge Pina (quem não conhece a história de vida dele, faça por conhecer, se faz favor) veio falar-nos dos sonhos e da vontade de fazer aquilo que pretendemos. Da possibilidade de conseguir fazer aquilo que quisermos, se metermos a cabeça e o coração no sítio certo e tivermos a força para aguentar o peso nos ombros.

 

 

E houve, como não podia deixar de ser, um treino de futebol de rua. Tudo isto se conjuga, e como a ANFR tão bem nos escreveu, está no centro de tudo aquilo para que trabalhamos.

 

 

O dia continua.

Amanhã escrevo de volta.

Até lá.


Outros Campeonatos é um projeto da Academia Cidadã, que visa promover a cidadania ativa na comunidade da Quinta do Cabrinha, em Alcântara.

Financiado pelo BIP/ZIP da C.M. Lisboa e em parceria com a Junta de Freguesia de Alcântara, o grupo de jovens “Ventos de Mudança”, a Associação Nacional de Futebol de Rua e o Lisbon Sustainable Tourism.

Outros Campeonatos promove o fortalecimento social do bairro do Cabrinha, fomentando organização comunitária, capacidade de iniciativa local e maior consciência democrática. Também desenvolve uma abertura do bairro à sociedade em geral, reforçando a sua integração na cidade. As principais estratégias de ação são o futebol de rua e o turismo. Eventos de futebol de rua atraem os residentes do bairro, a intervir e participar na sua organização e implementação – com a facilitação de ferramentas e processos de participação organização cidadã. As visitas turísticas ajudam a repensar o bairro, abrindo a comunidade a novas experiências de cidadania.

Deixar um comentário