Exibição do “Terramotourism” + debate aberto


Partilhar / Share

Entrada grátis. Segue-se um debate aberto com a participação de Margarida David Cardoso (Público) e Forum dos Cidadãos.

Temos o prazer de te convidar a participar, no próximo dia 10 de Janeiro (terça-feira), às 21h, em mais um Cine-Café, a ter lugar no Lisboa Vadia (Rua de São Mamede ao Caldas nº 33 A, Lisboa).



“TERRAMOTOURISM”

Um documentario do colectivo Left Hand Rotation
Música: Ricardo jacinto

Sinopse
A 1 de novembro de 1755 um terramoto destruiu a cidade de Lisboa. O seu impacto foi tal que deslocou o homem do centro da criação. As suas ruínas legitimaram o despotismo esclarecido.
Lisboa hoje treme novamente, abalada por um sismo turístico que transforma a cidade a velocidade de cruzeiro. O seu impacto desloca o morador do centro da cidade. Que novos absolutismos encontrarão aqui o seu álibi?
Enquanto o direito à cidade derruba-se, afogado pelo discurso da identidade e do autêntico, a cidade range anunciando o seu colapso e a urgência de uma nova maneira de olhar-nós, de reagir a uma transformação, desta vez previsível, que o desespero do capitalismo finge inevitável.

Left Hand Rotation é um coletivo estabelecido em Lisboa desde 2011.
Terremotourism é um retrato subjetivo de uma cidade e a sua transformação ao longo dos últimos 6 anos.

“Eu sou um cidadão do mundo; não quero voltar ao nacionalismo, mas se amanhã amamos apenas o que está longe sem estarmos conscientes de que odiamos o próximo porque está presente, porque cheira mal, porque faz barulho, porque me incomoda e porque me faz exigências, diferente do que está longe, do qual me posso livrar; se amanhã insistirmos em preferir o que está longe em detrimento do que está perto, destruiremos a cidade, ou melhor, o direito à cidade.”
Paul Virilio – O Cibermundo, a política do pior.

lefthandrotation.com
museodelosdesplazados.com
lefthandrotation.blogspot.pt/2014/03/terremotourism-instrucciones-de.html

Deixar um comentário