Artigo


Este é um texto especial. O  Michele Spatari, um aprendiz de arquitectura italiano, passou de rompante pela Quinta do Cabrinha. Esteve em Lisboa até ao princípio deste mês de Junho a colaborar com o Colectivo Warehouse e achou por bem vir fotografar a Quinta do Cabrinha e as suas gentes. As palavras dele serão sempre melhores que as nossas para perceber o como e o porquê de isto ter acontecido. Ficam a entrevista e algumas das imagens que nos deixou. Olá, Michele. Podes apresentar-te? Ciao! O meu nome é Michele Spatari e sou um estudante de arquitectura italiano à procura do meu caminho no fotojornalismo, fotografia documental e nos media noticiosos em geral. Eu sei, é um caminho árduo. Nasci numa cidade de média escala italiana chamada Bolonha em 1991 e tive sorte suficiente para, durante os últimos anos, ter a oportunidade de viver em sítios como Lisboa, Beirute e […]

O que vê um fotógrafo italiano no Cabrinha?


Há um ciclo que chega ao fim no Outros Campeonatos de onde emergem relações criadas, trabalho feito e o esforço conjunto da abertura do bairro a outras comunidades espalhadas pela cidade. As visitas que estavam programadas para estes primeiros meses de projecto chegam ao fim, com a presença do Campolide Soma&Segue – E6G na Quinta do Cabrinha. Há uma sensação de satisfação por tudo o que foi feito até agora dentro da comunidade da Quinta do Cabrinha. Era muito pouco provável que quem cá passou durante estes meses o tivesse feito de outra forma. É também esse o trabalho, sim, proporcionar estes encontros, mas não é a isso que sabe. É importante ver as coisas a acontecer com olhos de quem vê e o que vemos é crescimento. Crescimento que acontece no relacionamento com o outro e com a colaboração de muita gente da comunidade na organização deste evento. É […]

Outros Campeonatos Soma e Segue



Após a tendência do século XX de casas okupadas, trazemos para o século XXI uma nova necessidade: okupar rios. Ao usar modelos económicos insustentáveis, as comunidades urbanas têm perdido os seus rios como um bem comum. É urgente resgatar a relação antiga entre ambos. Como okupar um rio é uma ferramenta de aprendizagem de investigação e desenvolvimento, que visa mostrar como uma comunidade pode resgatar um rio pelo bem comum.     A relação rio-cidade é essencial para o desenvolvimento urbano. A disponibilidade de água foi sempre um dos factores decisivos para o estabelecimento definitivo das populações. Com o avanço industrial, as relações rio-cidade mudaram. Existe uma separação funcional, causada por grandes obras de correcção perpetradas nos rios urbanos, agravadas pelos fortes níveis de poluição de dos leitos e margens. Se os maiores rios são utilizados quase que exclusivamente para fins económicos, os mais pequenos, geralmente extremamente poluídos, constituem, nas […]

Como okupar um rio


As visitas continuam e a Quinta do Cabrinha recebeu (e bem, como sempre) mais um grupo de convidados no sábado que passou. O Dá-te ao Condado, da antiga zona J de Chelas, agora Bairro do Condado, veio visitar o Outros Campeonatos e a Quinta do Cabrinha para mais um dia de actividades. O futebol de rua deu o mote para o dia, numa manhã de correria e jogatana. Fizeram-se jogos entre os dois bairros e depois toda a gente à misturada. É uma forma de criar ligações e relações, o futebol de rua. Além de nos fazer olhar para nós próprios e para os outros dentro de um grupo, jogar com pessoas que ainda não conhecemos obriga-nos a avaliar a forma como nos relacionamos.     Estas visitas de sábado seguem sempre o mesmo roteiro, e quem já leu os outros artigos sobre alguma delas, sabe que o Um Outro […]

O Condado em Alcântara



Sábados. Sempre os sábados para ir e receber, conhecer gentes e ideias. Desta vez foi a Associação Cais que nos visitou na Quinta do Cabrinha. O plano foi à semelhança daquilo que tanto gostamos de fazer: receber bem, fazer com que todos se sintam à vontade para se conhecer e partilhar um dia cheio, com futebol de rua e as máquinas do Pietro, com a Alcântara de hoje e de ontem. Para começar, o futebol. De rua. A Associação Cais tem uma longa história ligada à modalidade. Foram os seus primeiros promotores no país, utilizam-no como estratégia de inclusão social desde 2004 com grande sucesso. E vieram partilhar o campo connosco, misturando pessoas de todas as idades e com histórias de vida muito diversas, jogando uma manhã inteira.     É importante para nós, no Outros Campeonatos, ver tanta coisa a acontecer. As pessoas que nos visitam são tão diferentes […]

A CAIS no Cabrinha


Os papéis inverteram-se. Depois de dois meses a sair, visitar outros projectos e bairros espalhados por Lisboa, cabe-nos receber toda a gente que tão bem nos acolheu. A primeira a visitar a Quinta do Cabrinha e o Outros Campeonatos (e entenda-se no âmbito destas saídas, pois já cá tinham estado e deixado saudades) foi a Associação Nacional de Futebol de Rua. Foi um dia cheio, solarengo, que acabou com aquele tipo de cansaço que sabe bem. É confortável receber pessoas de quem gostamos e que nos tiram imediatamente o nervoso da responsabilidade de ser anfitrião. O pessoal da Associação Nacional de Futebol de Rua tem o condão de nos pôr completamente à vontade e assim foi. O dia começou com futebol de rua. Previsível? Sim. Faz todo o sentido? Também. Estivemos a manhã a jogar para nos conhecermos melhor, o corpo em movimento faz esquecer as vergonhas e os embaraços […]

Depois de ir, receber



Continuamos a série de artigos parceiros. Como não queremos fazer disto uma coisa sobre nós, não temos grande coisa a acrescentar. Ficam as palavras do Lisbon Sustainable Tourism:   Depois de mais um passeio por Lisboa com o projeto “Outros Campeonatos”, termina uma fase, a nosso ver, de grande importância. Termina para dar início a outras fases. E não nos referimos apenas às visitas de novos amigos e parceiros ao Bairro da Quinta do Cabrinha, já agendadas para os próximos meses, mas também a outros momentos e iniciativas que surgirão com a vontade de continuar a conhecer e a aproveitar todos os recursos que a nossa cidade nos oferece. O Lisbon Sustainable Tourism estará sempre disponível e continuará a trabalhar para que estes e outros jovens (miúdos e graúdos) tenham acesso à sua cidade, que possam aprender, conhecer o seu património histórico e cultural, ou tão somente, ao desfrutar das […]

Artigos Parceiros – Lisbon Sustainable Tourism


Fechou com chave de ouro. A última visita programada (o que não significa de forma alguma o fim dos passeios que tanto gostamos de fazer) desta fase do Outros Campeonatos foi no passado sábado. Visitámos o projecto Dá-te ao Condado E6G, no Bairro do Condado, em Chelas, promovido pela Associação Guineense de Solidariedade Social – Aguinenso. Já estamos a parecer um bocado suspeitos de tanto o repetir, mas somos sempre tão bem recebidos. Levar o Cabrinha a conhecer novas culturas, visitar pontos da cidade que não fazem parte dos percursos turísticos e das rotas naturais do dia a dia e conhecer pessoas que, dentro da sua alteridade, têm pontos em comum connosco e com a nossa forma de estar. É sempre isso que procuramos com estas visitas. Quando nos encontrámos com o pessoal do Dá-te ao Condado E6G não estávamos à espera de ter um dia tão activo, sinceramente. Assim […]

Outros Campeonatos no ar



Foi um sábado óptimo, o da 3ª visita do Outros Campeonatos. Desta vez ficámos por perto mas ainda assim andámos imenso. Fomos visitar o projecto Campolide Soma & Segue E6G, a acontecer nos bairros da Liberdade e da Serafina. Houve futebol de rua, como sempre. Ficámos a conhecer as actividades do Some & Segue e ficámos fascinados com o estúdio de produção musical e com os videoclips que fizeram. É também por isto que saímos, não só para conhecer sítios, realidades e gente nova, mas para buscar ideias e conhecer formas de pensar e agir diferentes da nossa. Olhar os outros, ajuda a olhar-mo-nos a nós próprios.     Almoçámos num jardim com uma vista muito agradável para o Vale de Alcântara, resultado de um projecto, à nossa semelhança, financiado pelo programa BIP/ZIP.   Depois seguimos para Campolide, para visitar o Aqueduto da Águas Livres. A bom ver, atravessámos o […]

Outros Campeonatos com vista sobre a cidade


Continuamos a passear por Lisboa, a conhecer o trabalho de construção de comunidade que por cá se faz e a espalhar o futebol de rua por outras paragens.     Desta vez saímos do Cabrinha em direcção ao centro da cidade, para ir visitar a Casa do Brasil em Lisboa, em pleno Bairro Alto. Era Carnaval, impunha-se a visita, não é?     Fomos, como sempre até agora, imensamente bem recebidos. O Diógenes explicou-nos como funciona a Casa do Brasil em Lisboa, os serviços que prestam à comunidade e as actividades que organizam. Foi mais uma oportunidade de conhecer pessoas que se organizam em volta do bem comum, da organização de melhores condições para todos. Levamos destes encontros ideias e boa energia para continuar a fazer o que fazemos e melhorar as nossas práticas. Seguimos em direcção ao Jardim do Princípe Real para uma jogatana de futebol de rua em […]

Outros Campeonatos por Lisboa



Inauguramos aqui uma série de artigos escritos pelos parceiros que dinamizam connosco o Outros Campeonatos. A idea foi diversificar o tipo de discurso produzido sobre o projecto e compreender como é que todos os envolvidos vêem aquilo que estamos a construir na Quinta do Cabrinha. Servem também estes artigos para compreender melhor como é que os parceiros do Outros Campeonatos se inserem nas actividades promovidas dentro do projecto. A pluralidade de pontos de vista ajudará a reflectir sobre as práticas e a melhor construir o futuro. Reproduzimos aqui a opinião da Associação Nacional de Futebol de Rua, sem mais floreados:   “A Associação Nacional de Futebol de Rua tem como missão promover a metodologia sociodesportiva de futebol de rua enquanto estratégia inovadora de intervenção sociopedagógica e cultural tendo em vista o desenvolvimento humano e a inclusão social. Tem desde 2009 desenvolvido projetos sociodesportivos de intervenção comunitária na freguesia de Carnide […]

Artigos Parceiros – Associação Nacional de Futebol de Rua


Esta foi a primeira saída do Outros Campeonatos. Combinámos ir jogar futebol de rua ao bairro Padre Cruz com a Associação Nacional de Futebol de Rua e aproveitámos para passear durante todo o dia. Era um grupo heterógeneo, o que saiu do Cabrinha, de míudos a graúdos. O Lisbon Sustainable Tourism organizou-nos um dia cheio e lá fomos. O jogo era só à tarde mas madrugámos e às 9 da manhã (mais coisa menos coisa, vá) estava toda a gente junto das carrinhas que a We Hate Tourism Tours disponibilizou para nos conduzir em direcção ao Moínho da Juventude. Fomos recebidos de braços abertos na Cova da Moura. O pessoal do Moínho mostrou-nos o bairro, explicou-nos aquilo que fazem e as lutas que travam para continuar a melhorar a organização comunitária. Foi uma oportunidade de ter contacto com gente que se preocupa com o mesmo que nós, que trabalha em […]

Há Outros Campeonatos fora do Cabrinha!



2
No seguimento da Masterclass sobre Turismo e Gentrificação foram editados um documentário, uma curta-metragem e um livro, disponíveis aqui (em inglês): Curta-metragem: STADSLAB – City Making & Tourism Gentrification Lisbon from Fabio Petronilli on Vimeo.   Documentário: YOU’LL SOON BE HERE from Fabio Petronilli on Vimeo.   Livro: Booklet Masterclass Lisboa

Documentário + curta + livro: Masterclass Turismo & Gentrificação


No passado dia 26 de Janeiro teve lugar mais uma acção do Outros Campeonatos, na Quinta do Cabrinha. O encontro “Foi assim que começámos”, teve como objectivo recolher e partilhar, de forma relativamente informal, histórias de experiências de associativismo juvenil a acontecer na zona de Lisboa. Seguindo as linhas orientadoras do Outros Campeonatos, os testemunhos das associações convidadas eram dirigidos à comunidade da Quinta do Cabrinha e os jovens responderam à chamada aparecendo em força. Esta iniciativa surgiu no seguimento de uma conversa com o Jorge Ramos, membro do grupo informal de jovem Ventos de Mudança, nosso parceiro. Sendo o Jorge habitante do bairro desde a sua génese, já tinha passado pelo processo de tentativa de criação de uma associação juvenil aqui na Quinta do Cabrinha. Essa tentativa saiu gorada mas o bichinho ficou e volta agora. Chegámos em conjunto à conclusão de que seria de interesse para os jovens […]

Foi Assim que Começámos – Encontro sobre Associativismo Juvenil e ...



Junta-te às milhares de pessoas e dezenas de organizações preocupadas com o aumento exponencial dos preços da habitação em Lisboa e com os fenómenos de exclusão provocados pelo turismo em massa e a especulação imobiliária. Em cerca de uma semana mais de 2500 já assinaram. Assina também a “Carta Aberta: Morar Em Lisboa“. Foram solicitadas audiências ao Ministro do Ambiente, à Presidente da Comissão de Habitação da Assembleia da República, ao Presidente da Câmara Municipal e à Presidente da Assembleia Municipal. A Academia Cidadã é uma das organizações promotoras que tem vindo a lutar contra o fenómeno da gentrificação, que fere o direito à habitação nas nossas cidades, tendo já realizado diversas iniciativas ao longo dos últimos anos para sensibilizar o público e pressionar os vários níveis de poder. Também tu podes intervir! Assina aqui e ajuda a divulgar!

Petição: assina pelo direito à habitação a Carta Aberta – ...




Muitas foram as ideias e as motivações partilhadas durante os cinco dias do Campus Shifting Baselines, organizado pela European Alternatives. Entre os dias 23 e 27 de Agosto, 80 ativistas de áreas tão diferentes como o artivismo; média independentes; profissionais ligados à área de desenvolvimento e cooperação de comunidades, organizações e grupos; e profissionais ligados aos munícipios, organizações Europeias para cooperação entre países, movimentos urbanos radicais, ou organizações e instituições de desenvolvimento local e trabalho comunitário (novos municipalismos). Depois de chegarmos ao palacete, as boas-vindas foram sem dúvida muitas – uma continuação da viagem desde Berlim, e que nos levou àquele que viria a ser um espaço-incubadora para todos nós.   As alternativas Europeias muito diferentes das nossas   O primeiro debate teve a forma de Fish-Bowl, onde discutimos aquilo que foi um dos principais focos deste encontro: como promover uma mudança de narrativas para juntos podermos criar uma ideia […]

Campus Shifting Baselines – o encontro de verão para uma ...


Boas energias para o Cabrinha!… … É o desejo de Natal de quem participou nesta que é mais uma ação de rua do projeto Outros Campeonatos, feita pela comunidade do Cabrinha, para a comunidade do Cabrinha.   Natal de Bairro foi realizada em vários momentos, cada um deles contribuindo para os objetivos previamente estabelecidos: desenvolver métodos de trabalho colaborativo no bairro, envolver os habitantes do Cabrinha numa ação conjunta e valorizar os espaços comuns e espaço público do bairro.     Momento 1: PLANEAR Foi a partir da vontade e das ideias dos nossos participantes, que a ação de rua Natal de Bairro foi desenvolvida: decidida e preparada pela comunidade do Cabrinha, para a comunidade do Cabrinha. Depois de uma tempestade de ideias, ficou decidido que iríamos enfeitar todo o bairro com decorações de Natal, cuja elaboração seria o mais participada possível.     Momento 2: ENVOLVER Foram cortadas em […]

Natal de Bairro



Entrada grátis. Segue-se um debate aberto com a participação de Margarida David Cardoso (Público) e Forum dos Cidadãos. Temos o prazer de te convidar a participar, no próximo dia 10 de Janeiro (terça-feira), às 21h, em mais um Cine-Café, a ter lugar no Lisboa Vadia (Rua de São Mamede ao Caldas nº 33 A, Lisboa). “TERRAMOTOURISM” Um documentario do colectivo Left Hand Rotation Música: Ricardo jacinto Sinopse A 1 de novembro de 1755 um terramoto destruiu a cidade de Lisboa. O seu impacto foi tal que deslocou o homem do centro da criação. As suas ruínas legitimaram o despotismo esclarecido. Lisboa hoje treme novamente, abalada por um sismo turístico que transforma a cidade a velocidade de cruzeiro. O seu impacto desloca o morador do centro da cidade. Que novos absolutismos encontrarão aqui o seu álibi? Enquanto o direito à cidade derruba-se, afogado pelo discurso da identidade e do autêntico, a cidade […]

Exibição do “Terramotourism” + debate aberto


O projeto Outros Campeonatos convida a participar na formação “Futebol de rua e construção de comunidade”, desenvolvida em parceria pela Academia Cidadã e pela Associação Nacional de Futebol de Rua. Participação gratuita sujeita a inscrição. Limitada a 10 participantes. Evento no FB   O quê? História do futebol de rua; Futebol de rua: técnica e tática; Competências psicossociais / interpessoais: O que são? Quais são? Como trabalhar? Futebol de rua + competências psicossociais / interpessoais = modalidade desportiva ao serviço da inclusão, da participação e do desenvolvimento comunitário Componente prática   Onde? Associação Nacional de Futebol de Rua Morada: Rua de Barcelona, Cv. 133, 1600-455 Lisboa Telefone: 21 014 0931   Quando? 5, 6 e 7 de dezembro, entre as 9h e as 14h.   Para quem? Profissionais do trabalho social, desportivo e sociodesportivo. Educadores, animadores e assistentes sociais.   Como inscrever-se? Enviar mensagem, até 3 de dezembro, a comunicar […]

Formação – “Futebol de rua e construção de comunidade”



Exposição-retrato da comunidade do Cabrinha.   Projeto-piloto, em desenvolvimento, ou seja, este é apenas um início. Um início que procura identificar os aspetos mais valorizados pela comunidade, em relação ao seu bairro. Um início que ajuda a promover, ainda que de forma tímida, a autoestima comunitária.   Obrigada a todas e a todos por participarem!  

O bom do Cabrinha é


No dia 19 de novembro deu-se a festa de apresentação do Outros Campeonatos, projeto da Academia Cidadã, desenvolvido ao abrigo do BIP/ZIP da Câmara Municipal de Lisboa, com a parceria da Junta de Freguesia de Alcântara, do grupo de jovens “Ventos de Mudança”, da Associação Nacional de Futebol de Rua e do Lisbon Sustainable Tourism. Entre outras ações de envolvimento da comunidade, foi desenvolvida a ação “Vozes do Cabrinha”, onde foram apresentados os resultados da auscultação realizada junto da comunidade, durante o primeiro mês de implementação do projeto.   O Cabrinha Que Queremos Esta ação consistiu numa consulta comunitária que procurou recolher opiniões e sugestões quanto ao espaço público e espaços comuns do Bairro. Olhando para 12 fotografias do bairro, pedimos às pessoas que, numa reflexão conjunta, interviessem nas imagens, escrevendo o que gostariam de ver alterado. Mais bancos, árvores, uma horta comunitária?     Uma ação direta que durou […]

Vozes do Cabrinha – O Cabrinha Que Queremos



No dia 19 de novembro deu-se a festa de apresentação do Outros Campeonatos, projeto da Academia Cidadã, desenvolvido ao abrigo do BIP/ZIP da Câmara Municipal de Lisboa, com a parceria da Junta de Freguesia de Alcântara, do grupo de jovens “Ventos de Mudança”, da Associação Nacional de Futebol de Rua e do Lisbon Sustainable Tourism. Entre outras ações de envolvimento da comunidade, foi desenvolvida a ação “Vozes do Cabrinha”, onde foram apresentados os resultados da auscultação realizada junto da comunidade, durante o primeiro mês de implementação do projeto.   Realização de questionários e respostas obtidas Foram realizados questionários que procuravam saber as opiniões dos habitantes do Cabrinha, quanto à participação cidadã e organização comunitária no bairro, bem como os aspetos positivos e negativos dos espaços públicos e comuns do bairro. Foram inquiridas 53 pessoas, de forma aleatória:     Apresentamos de seguida as respostas dadas aos questionários pelos habitantes do […]

Vozes do Cabrinha – resultados dos inquéritos


A festa de apresentação do projecto Outros Campeonatos aconteceu no sábado, dia 19 de Novembro, na Quinta do Cabrinha. Na presença de todos os parceiros do projecto, arrancou oficialmente, no campo de futebol do Cabrinha, o Outros Campeonatos, um projecto financiado pelo programa BIP/ZIP da Câmara Municipal de Lisboa. A Junta de Freguesia de Alcântara esteve presente na pessoa do seu Presidente Davide Amado; a Associação Nacional de Futebol de Rua, representada pela Ana Paulos e pela Vanda Ramalho; o Lisbon Sustainable Tourism pela Joana Jacinto; e o grupo de jovens do Cabrinha “Ventos de Mudança” pelo Jorge Ramos. Ao longo da tarde, aconteceram pelo bairro várias actividades. Mostraram-se os resultados do trabalho desenvolvido até aqui, enquanto o futebol de rua e um lanche convívio trouxeram as pessoas do Cabrinha para próximo da sede da Academia Cidadã. O Projecto Alkantara e o Fazer a Ponte participaram com uma apresentação do […]

Arrancou, no dia 19 de Novembro, o Outros Campeonatos



No dia 17 de outubro procedeu-se à assinatura do protocolo, entre a Academia Cidadã e a Câmara Municipal de Lisboa, para a implementação do projeto Outros Campeonatos, promovido pela primeira e financiado pela segunda, no âmbito do programa BIP/ZIP.     O Outros Campeonatos foi desenhado para ser implementado na Quinta do Cabrinha, em Alcântara, entre outubro de 2016 e outubro de 2017. O seu desenho deu-se graças aos conhecimentos e experiências que reunimos durante os últimos três anos de permanência no bairro, a partir sobretudo dos contactos realizados com a comunidade e associações locais. Assim, Outros Campeonatos adapta-se não só às necessidades específicas da comunidade do Cabrinha, como também à vocação da Academia Cidadã, que é a capacitação das pessoas e organizações para a participação e organização social. São parceiros deste projeto a Junta de Freguesia de Alcântara, a Associação Nacional de Futebol de Rua, o Lisbon Sustainable Tourism […]

O projeto Outros Campeonatos já está a começar!


O projeto “Outros Campeonatos” já está a arrancar! Outros Campeonatos é um projeto iniciado em outubro de 2016, promovido pela Academia Cidadã e financiado pelo programa BIP/ZIP da Câmara Municipal de Lisboa. Tem como parceiros formais a Junta de Freguesia de Alcântara, o grupo de jovens do Cabrinha “Ventos de Mudança”, a Associação Nacional de Futebol de Rua e o Lisbon Sustainable Tourism. “A Pré-Temporada do Campeonato” é a primeira atividade do Outros Campeonatos. Apresenta o Outros Campeonatos à comunidade e estabelece a organização base de todo o projecto. Começam os contatos diretos com a população que já joga na rua, através dos Ventos de Mudança: criação de empatia, compreender problemas e opiniões. As pessoas são cativadas para participar no projeto. Através do desenvolvimento de ações de auscultação, procura perceber-se como são as relações comunitárias no bairro, qual a relação entre a população e o espaço público/espaços comuns e a […]

Outros Campeonatos_A Pré-Temporada do Campeonato



Temos o prazer de te convidar a participar, no próximo fim-de-semana, num conjunto de atividades sobre a Gentrificação em Lisboa, resultantes da Master Class “Gentrification, Tourism and Citymaking”:   Domingo, 16 de Outubro 13h00: Lançamento do booklet da Master Class Apresentação pelo Prof. Marc Glaudemans (Stadslab – European Urban Design) com a presença  da reitora da Fontys-Tilburg University (Holanda), Karen Neervoort. Local: CIM – Centro de Inovação da Mouraria (entrada pela Travessa dos Lagares).   11h00: Exibição do documentário  “Em Breve Estarás Aqui” + Visita Guiada Filme do realizador Fabio Petronilli, sobre a Mouraria e a Master Class, seguindo-se uma visita guiada pelo arquiteto Nuno Simões, que desenhou o CIM, a outros projectos de reabilitação da Mouraria (mediante inscrição para leonor@academiacidada.org). Local: CIM – Centro de Inovação da Mouraria (entrada pela Travessa dos Lagares).   Sábado, 15 de Outubro 15h00: Estreia do documentário “Em Breve Estarás Aqui” Ambas as exibições […]

Fim-de-semana sobre Turismo e Gentrificação


INSCRIÇÕES ENCERRADAS Para integrar a equipa de “Outros Campeonatos”, projeto BIP/ZIP, a ser implementado no Bairro da Quinta do Cabrinha, Alcântara, Lisboa, pela Academia Cidadã. Quando? Durante, pelo menos, os primeiros 3 meses do projeto (outubro a dezembro 2016). Como? Com a realização, em média, de um vídeo de 2-3 minutos por mês. Quanto? Pagaremos 100 euros por vídeo. Os vídeos serão acerca do projeto, as atividades do projeto, a Quinta do Cabrinha, as pessoas do bairro, sobretudo aquelas que estão envolvidas no projeto. Servirão para comunicar o que se vai passando no projeto e assim procurar envolver mais participantes (de dentro e de fora do bairro). Mais sobre o projeto Outros Campeonatos: Outros Campeonatos visa promover a cidadania ativa na comunidade da Quinta do Cabrinha – contribui para o fortalecimento social do bairro, promovendo a organização comunitária, a capacidade de iniciativa local e uma maior consciência democrática. Também fomenta […]

Procuramos Realizadorx de Vídeo (INSCRIÇÕES ENCERRADAS)



INSCRIÇÕES ENCERRADAS O objetivo do estágio é integrar e acompanhar o projeto “Outros Campeonatos”, promovido pela associação Academia Cidadã, a ser implementado no Bairro da Quinta do Cabrinha, em Alcântara, Lisboa, ao abrigo do programa BIP-ZIP da Câmara Municipal de Lisboa. “Outros Campeonatos” visa promover a cidadania ativa na comunidade da Quinta do Cabrinha – contribui para o fortalecimento social do bairro, promovendo a organização comunitária, a capacidade de iniciativa local e uma maior consciência democrática. Também fomenta uma abertura do bairro à sociedade em geral, reforçando a sua integração na cidade. As principais estratégias de ação de “Outros Campeonatos” são o futebol de rua e o turismo. Eventos desportivos atraem os residentes do bairro a intervir e participar na sua organização e implementação – com a facilitação de ferramentas e processos de participação e organização cidadã. As visitas turísticas ajudam a repensar o bairro, abrindo a comunidade a novas […]

Procuramos Estagiárix Profissional – Projeto “OUTROS CAMPEONATOS” (ENCERRADO)


1
O processo de sanções tem sido totalmente injustificado e aleatório. A regra dos 3% de défice já foi violada mais de 100 vezes, por vários países. Se não nos manifestarmos, Portugal e Espanha serão os primeiros a sofrer por não a terem cumprido – o que, no caso Português, corresponde aos anos entre 2013 e 2015, período político representado pelo anterior Governo. Governo esse que promoveu austeridade em submissão à própria UE, que afectou pobres, jovens, desempregados, precários, reformados, imigrantes e tantos outros. As sanções a Portugal – medida fortemente apoiada pela Comissão Europeia – e decidida esta terça-feira, em Bruxelas, pelo Conselho de Ministros das Finanças da União Europeia (Ecofin), são resultado de um medo. O medo de um País que elegeu democraticamente uma maioria parlamentar contrária à austeridade. A decisão dos Britânicos em referendo (resultado de um discurso populista, xenófobo e anti-Europeu, que a extrema-direita constrói aos olhos […]

Manif Anti-Sanções – Por uma União Europeia democrática e sem ...



Concentração    Vimos na passada sexta-feira um suposto golpe na Turquia. Dúvidas ficam sobre a autoria deste golpe, mas o que é certo é que Erdogan se fortaleceu. Neste fortalecimento, Erdogan começou a repressão: suspendeu cerca de 15 mil professores, para além de trabalhadores do exército, da polícia e da justiça, suspendeu ainda vários blogs e retirou a carteira profissional a vários jornalistas. Para além disto, ainda está colocada a possibilidade de reactivar a pena de morte. Erdogan aprofunda assim a sua posição de ditador. Não podemos compactuar com isto!   Está na hora de sairmos à rua em solidariedade com o povo turco, contra o Erdogan! Junta-te a nós!  Evento no Facebook

Concentração – Contra Erdogan! Solidariedade com o povo turco!


Os ideais para discutirmos e criarmos alternativas face a questões como a pobreza urbana;  a urgência de planeamentos urbanos mais democráticos e participativos, que respondam de forma mais justa às necessidades dos novos recém-chegados e vítimas de guerra; a construção de espaços públicos mais inclusivos; e os efeitos negativos da gentrificação, foram os temas centrais deste encontro de quatro dias do City Makers Summit, marcado pela companhia de tantos projetos que, dia após dia, fazem a diferença, numa perspetiva local, regional, nacional e internacional.   Os cidadãos-políticos   A ideia de fazer a cidade é sem dúvida um movimento político. Movimento esse que inclui todas as pessoas com vontade de reclamar uma cidade que promova sobretudo ações com mais poder participativo, e que encorajem mudanças no programa urbano e social. Ao reclamarmos o direito ao espaço público (ou aos espaços heterotópicos que Lefebvre aclamava) como uma “estratégia de sobrevivência”, confrontamo-nos […]

Porque a cidade é de quem a quiser




      No próximo fim de semana vamos receber a Biciletada em Lisboa. No dia 01-07-2016 vai haver uma toxic tour à Galp. Porquê a Galp? Resposta : “A GALP quer perfurar mar da costa alentejana a 1 de julho” Para aparecerem, vejam aqui.   Dia 02-07-2016 vamos fazer um piquenique nos jardins da Gulbenkian. O ponto de encontro é no jardim da Gulbenkian às 13h30, no local que a Gulbenkian chama de “A Margem”. A entrada mais perto deste local é pela rua Marquês Sá da Bandeira.   A Gulbenkian e a Partex Oil and Gas, são a mesma instituição e como tal pensámos em aproveitar o evento da Gulbenkian “Jardim de Verão” para relembrar algmas pessoas desta ligação entre uma empesa que explora petróleo e gás e uma fundação que se diz filantrópica.   Para o piquenique tragam comida, boa energia, refrescos e o que vos fizer sentir […]

Bicicletada anti fracking – sexta e sábado em Lisboa



No passado 11 de Junho mais de duas mil pessoas pediram o encerramento da Central Nuclear de Almaraz, num protesto organizado pelo Movimento Ibérico Antinuclear (MIA), em Cáceres. A Academia Cidadã e mais de 40 diferentes grupos estiveram presentes na manifestação. De Portugal partiu mais de uma dezena de autocarros, bem como outros de Madrid, Salamanca e Málaga. A manifestação começou às 19:30 e terminou por volta das 21h, atravessando as principais ruas da cidade. Sob os slogans « Chernobyl Almaraz, Fukushima nunca mais » e « Fechar Alamaraz por um Tejo vivo », os manifestantes percorreram Cáceres até chegarem a Praça Maior, onde foi lido o manifesto exigindo o encerramento da central em 2020. Mais cedo, durante a tarde, a concentração começou no jardim central da cidade, onde aconteceram concertos, um exposição antinuclear bem como outras atividades de consciencialização sobre os riscos desta velha central nuclear próxima da fronteira com Portugal e servida […]

Parem de matar o nosso futuro – Fechar ALMARAZ (com ...


Quando há três anos visitei Bucareste, ganhei uma impressão pouco favorável acerca da cidade. Pareceu-me cinzenta, e as ruas, os edifícios, as pessoas também eram cinzentas – como se carregassem sobre si o fardo do passado totalitário, 70 anos de ditadura soviética não haviam ficado definitivamente para trás. Talvez por isso a nova visita que fiz à cidade, nos passados 9 a 12 de Junho, me tenha causado tanta surpresa. Tratou-se de uma visita de campo, no âmbito do projeto New Europe – Cities in Transition, com o objetivo de visitar projetos de base local que promovam a cidade enquanto espaço de inclusão, sustentabilidade e participação. Fomos acolhidos por membros da Zeppelin e, para além da Academia Cidadã, estiveram presentes organizações de Berlim (Mörchenpaprk), de Londres (Paddington Development Trust) e de Amesterdão (Pakhuis de Zwijger). Três dias chegaram para perceber como Bucareste havia radicalmente mudado durante os últimos três anos. […]

Ventos de mudança em Bucareste



Entre os dias 27 e 30 de Maio de 2016 a fundação Pakhuis de Zwijger, na Holanda, promoveu o encontro de mais de 600 ativistas, vindos dos quatro cantos de Europa. A estes ativistas apelidou de “City Makers”, cuja tradução à letra para português é “Fazedores da Cidade”, pelo seu envolvimento em ações de democratização das cidades, enquanto espaços de inclusão, prosperidade e resiliência. Foi então durante o “City Makers Summit”, a “Cimeira dos Fazedores da Cidade”, que as seis centenas de ativistas se encontraram, para falar sobre os principais problemas das suas cidades, e das práticas que têm vindo a ser desenvolvidas para os resolver.   Fazedores da Cidade   Visita ao centro de Zaanstad, que foi completamente renovado nos últimos 5 anos, procurando oferecer mais inclusão, funcionalidade e beleza visual.   Esta cimeira tinha dois objetivos principais. O primeiro era o de oferecer aos participantes visitas a projetos […]

Façamos uma Europa da Democracia


«O que aconteceu em Orlando tinha como alvo as pessoas queer. Quis matar a diferença, o “estranho” aos olhos de uma sociedade que rejeita tudo o que não é branco, hetero, cis, respeitável na moral e nos bons costumes. É uma fogueira de desprezo, que vem de há séculos, alimentada por religiões, governos e fanatismos vários. É uma fogueira machista. Misógina. Patriarcal. É uma fogueira que queima quem foge à norma: paneleiros, fufas, pretos e pretas, ciganos e ciganas. Não lhe fogem bichas, trans, efeminados, marias-rapazes, mulheres em geral, migrantes e refugiadas em particular; não tolera pobres, fora de modas, gordas e gordos. Arde mais viva quando várias destas categorias se juntam numa só pessoa. E ainda mais quando envelhecemos. É uma fogueira que queima nas ruas, nos transportes, nos locais de trabalho, nas redes sociais, nas caixas de comentários, onde vamos para nos divertir, passear, respirar. É uma fogueira […]

“O Amor é a nossa arma!” (vídeo) discurso @ Marcha ...



A nossa arma é o amor Neste mês do Orgulho, a comunidade LGBT foi afetada pelo horror do terrorismo e da homofobia – em Orlando: 50 pessoas morreram e muitas outras ficaram feridas. Muitas vezes acreditamos que a vida está mais fácil para esta comunidade. Este evento trágico mostra como o recente acesso LGBT à igualdade de direitos não apaga a homofobia, pelo contrário. Sem uma educação para a tolerância e uma visão para a vida, onde o género não seja o centro dessa educação, as coisas não irão melhorar.    A Academia Cidadã vem convidar-te para apoiar a comunidade LGBT, participando na 17ª Marcha do Orgulho LGBT de Lisboa, no dia 18 de Junho. Viremos para as ruas na mais orgulhosa manifestação e visibilidade da capital para “Celebrar as diferenças, transcender o género”. Jardim do Principe Real, Lisboa, 17h00 Evento no Facebook   Poderás também acompanhar em direto (livestream) […]

Este sábado marchamos com Orgulho contra a homofobia!


   A 17ª Marcha do Orgulho LGBT de Lisboa terá lugar no dia 18 de Junho. Sob o lema “Celebrar as diferenças, transcender o género!”, sairemos à rua na maior manifestação de orgulho e visibilidade da capital. O manifesto da edição deste ano estará disponível em breve. Marcha do Orgulho LGBT de Lisboa // Lisbon Pride March Jardim do Principe Real 17h orgulholgbtlisboa.blogspot.pt eventos

Marcha do Orgulho LGBT | 18 de Junho



Síntese por Igor Marko Fotos @ Academia Cidadã e participantes da Master Class   A regeneração urbana de um estudo de caso altamente desafiador foi centrada num dos bairros mais antigos de Lisboa – Mouraria.   Lisboa Masterclass # 1 – Explorando Mouraria – análise do local, observação e mapeamento   Paula Marques, vereadora do pelouro da Habitação da Câmara Municipal de Lisboa, abrindo a Master Class e deixando um desafio aos participantes: “lançar propostas à CML!”   A Mouraria teve origem como um bairro mouro do século 13 e manteve-se uma área marginal do centro. Hoje em dia,  zonas da Mouraria são afetadas pelo turismo, outras ainda estão negligenciadas, com altos níveis de população migrante e habitação . Os preços baixos dos imóveis  e a proximidade com outras zonas turísticas (Alfama, Castelo) levanta  hipóteses realistas de que Mouraria irá enfrentar grande afluxo de investimentos em imóveis e infra-estrutura turística, […]

Master Class “City Making and Tourism Gentrification”


A Academia Cidadã convida todxs xs cidadãxs a participar num debate informal, aberto e dinâmico sobre a democracia direta, seguido de jantar vegano e de projeção de um filme (a anunciar em breve). O evento terá lugar no dia 14 de maio, pelas 18h30, na Fábrica de Alternativas (Rua Margarida Palla, 19A – Algés) O objetivo é discutir o tema da democracia, principalmente a direta, em Portugal, dando a conhecer a experiência dxs convidadxs e a tua. Presenças confirmadas: -Isabel Pires- deputada pelo Bloco de Esquerda -Paulo Muacho- membro do Livre -Rodrigo Morais- estudante de Ciência Politica (ISCTE) -Leonor Duarte- ativista da Right2Water e STOP TTIP -Marcelo Yamada- ativista da Academia Cidadã Junta-te a nós! O jantar tem o valor simbólico de 4€, que será partilhado entre a Academia Cidadã e a Fábrica de Alternativas e é limitado a 30 pessoas, pelo que pedimos o pagamento antecipado e inscrição neste link. […]

Democracia hoje: Participativa ou Decorativa? | 14 Maio – Algés



Este filme será projetado com o apoio do Center for Responsible Travel.     O impacto ambiental do turismo em massa é o tema central da nossa 4ª sessão do Cine Café Turistificação, a ser realizada no dia 17 de Maio às 21h30, no bar Lisboa Vadia (ao Caldas), em Lisboa. The Goose With the Golden Eggs, filme produzido pelo Center for Responsible Travel, examina o impacto ambiental que o turismo de resort e cruzeiros traz às comunidades habitantes da costa do Pacífico, na Costa Rica. Com um número cada vez maior de investimentos privados nestas áreas, como é o caso da privatização das praias ou da construção de grandes Hotéis multinacionais e de condomínios fechados, este documentário tem como principal objetivo retratar as dificuldades que as comunidades da costa do Pacífico enfrentam para terem acesso a bens como a água (usada sobretudo para “alimentar” piscinas e campos de golfe), […]

CINEMA GRÁTIS: “The Goose with the Golden Eggs” I Cine ...


No dia 6 de abril, no Renovar a Mouraria, a Academia Cidadã promoveu um encontro para falar acerca dos efeitos do turismo em massa na cidade de Lisboa. Com a participação activa das pessoas presentes, procuramos soluções práticas, tendo em vista a promoção de um equilíbrio entre o turismo e a vida local. A hora tardia e o forte vento não demoveram as pessoas de participar e de permanecer, até altas horas, na esplanada do Beco do Rosendo! Conceitos, tais como, turistificação, gentrificação, direito à habitação, direito à cidade, espaço público, reabilitação urbana ou turismo sustentável, foram questionados, clarificados, discutidos, redefinidos.     Começámos a conversa pelo caso do Bairro Alto, discutindo as consequências da falta de civismo de muitas das pessoas que visitam esse bairro, como a destruição de património, excesso de ruído e sujeira. A situação está num ponto tal que, recentemente, alguns turistas penduraram-se numa varanda, até […]

Como promover turismo sustentável em Lisboa?




15 a 22 de Abril I Mouraria, Lisboa O Master Class “Tourism Gentrification and City-making” é desenvolvido pelo Stadslab (Fontys – Universidade de Ciências Aplicadas de Tilburg, Holanda), em parceria com a Academia Cidadã. Tem como objetivos lançar um olhar sobre o impacto que o turismo em massa tem na cidade de Lisboa e produzir soluções na área do planeamento urbanístico que evitem situações de exclusão social e económica através da especulação imobiliária, a falta de serviços públicos ou o desaparecimento de habitação a preços acessíveis para a maioria da população. A Master Class está destinada a jovens profissionais das áreas do urbanismo, desenho urbano ou arquitetura e a área de intervenção é o bairro da Mouraria. No âmbito da Master Class serão realizadas algumas atividades públicas.   18 Abril I 12h00 I Centro de Inovação da Mouraria Seminário: Placemaking e Desenvolvimento Urbano Sustentável, por Igor Marko, Marko&Placemakers London ENTRADA […]

Master Class “City Making and Tourism Gentrification”



“Barcelona? Um parque temático”. É assim que começa o documentário que iremos passar na próxima sessão do Cine-Café Turistificação, dia 19 de Abril, pelas 21h30, no Lisboa Vadia. Bye bye Barcelona é o desabafo documental de Eduardo Chibás sobre o turismo de massas, onde se debate a relação entre a vida local e os turistas. Nascido em Caracas, Venuzuela, Chibás assume nunca ter conhecido as Ramblas dos barcelonenses. Vive, porém, há tempo suficiente para sentir os impactos negativos da turistificação daquela que é a 4º cidade mais visitada da Europa, a seguir a Londres, Roma e Paris, e líder no número de cruzeiros que recebe do continente e do Mediterrâneo. Este fenómeno muito tem afetado o número cada vez menor de moradores do centro de uma cidade cada vez mais cara. Muitos dos cerca de 30 mil turistas que chegam diariamente em cruzeiros à cidade de Barcelona não veem como […]

CINEMA GRÁTIS: “Bye bye Barcelona” I Cine Café Turistificação


[artigo redigido por Leonor Duarte, Sara Aranha e Joana Dias]   No passado dia 15 de março, no Lisboa Vadia, teve lugar mais um debate sobre a turistificação de Lisboa, depois da projeção de Cidade Guiada, documentário realizado por Catarina Leal. Foi uma noite cheia de ideias, com a presença da realizadora Catarina Leal, do investigador e professor João Seixas e de Joana Jacinto, fundadora do projeto Lisbon Sustainable Tourism. Com eles, protestamos, discutimos ideias e preocupações, mas também procurámos soluções para um fenómeno que muito tem afetado todxs nós.   Como é que se paga 2€ por um copo de vinho que, ainda por cima, não é nada de especial?   Muitas foram as críticas e as perguntas. Foi um momento forte, onde se ouviram pessoas de várias idades, desde comerciantes a estudantes e artistas, portugueses e estrangeiros. A Catarina Leal começou por nos revelar a sua principal motivação […]

Haverá vida depois do turismo?



Com a finalidade de dar visibilidade ao fenómeno da turistificação de Lisboa, estamos a organizar uma página web, onde serão publicadas as fotos que nos forem enviadas. Está a contar a partir de… agora! Participa! Partilha!

Fotografa a turistificação de Lisboa


Renovar a Mouraria I 6 de abril I 21h30 ENTRADA GRATUITA O que está a acontecer ao Centro Histórico de Lisboa? A escalada na perda de população nos últimos 3 anos levou já os 4 presidentes das Juntas de Freguesia a tomar uma posiçäo pública. Abaixo dos 10 mil habitantes as Juntas perderão significativamente poder de actuação. E nós os cidadãos o que estamos dispostos a fazer? A pretexto do turismo vende-se a cidade ao desbarato, pululam hoteis, hostels e apartamentos para acomodação temporária, assegura-se um rendimento de 4% nos investimentos de luxo, destroem-se lugares que dão identidade à cidade, reabilita-se apenas em função do turismo, despejam-se inquilinos, especula-se com os preços e torna-se impossível a habitação. Nós, na Academia Cidadã e no Renovar a Mouraria queremos continuar a reflectir e a contribuir para uma tomada de atitude por parte dos cidadãos. Vens também?

Tertúlia I Como promover turismo sustentável em Lisboa?