Monthly Archives: Janeiro 2017


2
No seguimento da Masterclass sobre Turismo e Gentrificação foram editados um documentário, uma curta-metragem e um livro, disponíveis aqui (em inglês): Curta-metragem: STADSLAB – City Making & Tourism Gentrification Lisbon from Fabio Petronilli on Vimeo.   Documentário: YOU’LL SOON BE HERE from Fabio Petronilli on Vimeo.   Livro: Booklet Masterclass Lisboa

Documentário + curta + livro: Masterclass Turismo & Gentrificação


No passado dia 26 de Janeiro teve lugar mais uma acção do Outros Campeonatos, na Quinta do Cabrinha. O encontro “Foi assim que começámos”, teve como objectivo recolher e partilhar, de forma relativamente informal, histórias de experiências de associativismo juvenil a acontecer na zona de Lisboa. Seguindo as linhas orientadoras do Outros Campeonatos, os testemunhos das associações convidadas eram dirigidos à comunidade da Quinta do Cabrinha e os jovens responderam à chamada aparecendo em força. Esta iniciativa surgiu no seguimento de uma conversa com o Jorge Ramos, membro do grupo informal de jovem Ventos de Mudança, nosso parceiro. Sendo o Jorge habitante do bairro desde a sua génese, já tinha passado pelo processo de tentativa de criação de uma associação juvenil aqui na Quinta do Cabrinha. Essa tentativa saiu gorada mas o bichinho ficou e volta agora. Chegámos em conjunto à conclusão de que seria de interesse para os jovens […]

Foi Assim que Começámos – Encontro sobre Associativismo Juvenil e Cidadania Activa



Em linha com estas críticas foi lançada a petição Morar em Lisboa – Carta Aberta, de que são signatários a Academia Cidadã, várias associações de moradores e inquilinos da cidade, o GEOTA (Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente), arquitetos, geógrafos e sociólogos. Ontem, às 20.00, a petição já tinha 2683 assinaturas. https://www.dn.pt/sociedade/interior/ate-podemos-viver-no-centro-de-lisboa-mas-tem-de-ser-num-hostel-5628701.html  

DN: “Até podemos viver no centro de Lisboa, mas tem de ser num hostel”


24 Janeiro, 2017 “É cada vez mais difícil morar em Lisboa”. Começa assim a carta aberta “Morar em Lisboa”, endereçada ao Governo, aos deputados, ao município e aos cidadãos, redigida, na semana passada, por um conjunto de instituições e indivíduos ligados ao meio académico, sobretudo arquitectos, geógrafos e sociólogos, e ao activismo social. Pedem a tomada de medidas urgentes para inverter o que apontam como a inequívoca intensificação na capital do processo de gentrificação – ou seja, a valorização imobiliária de uma área da cidade, forçando residentes com menor poder económico a sair para dar lugar a outros com maior poder. Ler mais

O CORVO: Movimento lança carta a pedir medidas urgentes pelo direito a morar em Lisboa



Uma carta aberta dirigida ao Governo, deputados, município e cidadãos. Um grupo composto por cidadãos e várias organizações da sociedade escreveram uma carta aberta ao Governo, deputados, municípios e cidadãos em que dizem considerar urgente “a adoção de uma política nacional e municipal de habitação que favoreça e dinamize o arrendamento público e privado, com segurança e estabilidade”, entre outros aspetos. Ler mais

NOTÍCIAS AO MINUTO: Uma petição que pede mudanças para quem mora em Lisboa




19 janeiro 2017, 11:16 A “drástica” subida das rendas das casas em Lisboa está a gerar uma onda de contestação, cada vez maior, junto da sociedade civil e não só. Um conjunto de cidadãos e de 20 organizações criou o movimento “Morar em Lisboa” e escreveu uma carta aberta aos governantes a pedir “a adoção urgente de uma política nacional e municipal de habitação, que favoreça e dinamize o arrendamento, público e privado, com direitos e deveres, com segurança e estabilidade”, entre outros. Ler mais

IDEALISTA: Movimento popular pede aos governantes para limitar preços do arrendamento em Lisboa




Junta-te às milhares de pessoas e dezenas de organizações preocupadas com o aumento exponencial dos preços da habitação em Lisboa e com os fenómenos de exclusão provocados pelo turismo em massa e a especulação imobiliária. Em cerca de uma semana mais de 2500 já assinaram. Assina também a “Carta Aberta: Morar Em Lisboa“. Foram solicitadas audiências ao Ministro do Ambiente, à Presidente da Comissão de Habitação da Assembleia da República, ao Presidente da Câmara Municipal e à Presidente da Assembleia Municipal. A Academia Cidadã é uma das organizações promotoras que tem vindo a lutar contra o fenómeno da gentrificação, que fere o direito à habitação nas nossas cidades, tendo já realizado diversas iniciativas ao longo dos últimos anos para sensibilizar o público e pressionar os vários níveis de poder. Também tu podes intervir! Assina aqui e ajuda a divulgar!

Petição: assina pelo direito à habitação a Carta Aberta – Morar Em Lisboa







Muitas foram as ideias e as motivações partilhadas durante os cinco dias do Campus Shifting Baselines, organizado pela European Alternatives. Entre os dias 23 e 27 de Agosto, 80 ativistas de áreas tão diferentes como o artivismo; média independentes; profissionais ligados à área de desenvolvimento e cooperação de comunidades, organizações e grupos; e profissionais ligados aos munícipios, organizações Europeias para cooperação entre países, movimentos urbanos radicais, ou organizações e instituições de desenvolvimento local e trabalho comunitário (novos municipalismos). Depois de chegarmos ao palacete, as boas-vindas foram sem dúvida muitas – uma continuação da viagem desde Berlim, e que nos levou àquele que viria a ser um espaço-incubadora para todos nós.   As alternativas Europeias muito diferentes das nossas   O primeiro debate teve a forma de Fish-Bowl, onde discutimos aquilo que foi um dos principais focos deste encontro: como promover uma mudança de narrativas para juntos podermos criar uma ideia […]

Campus Shifting Baselines – o encontro de verão para uma Europa das alternativas